Movimentos

Buscar

Brasil TecPar começa a operar usina de energia solar em São Borja

As usinas fotovoltaicas, mais conhecidas como usinas solares, constituem uma excelente opção quando se busca fontes de energia limpas e renováveis.


Com essa ideia em mente, a Brasil TecPar começou a operar na planta da usina solar de São Borja, onde foram investidos 7 milhões de reais na sua construção, que veio de uma iniciativa da Gaúcha TecPar, sua controladora. A HCC Energia Solar foi a empresa escolhida para a construção da usina.


A inauguração oficial ocorreu no dia 24 de março de 2022 e contou com a presença do presidente executivo da Gaúcha TecPar, Fábio Bonadiman, do Chief Executive Officer (CEO) da Brasil TecPar, Gustavo Pozzebon Stock, do prefeito em exercício de São Borja, Roque Feltrin, e do Chief Operating Officer (COO) da HCC, Marcio Truss, dentre outras autoridades.


A geração de energia estimada por ano da usina é de aproximadamente 1 MWh. Ou seja, a usina solar de São Borja pode gerar energia para aproximadamente mil famílias por mês durante um ano. Ao todo estão dispostos 1.976 módulos no local.


Vale destacar que a usina solar opera de forma semelhante ao funcionamento dos sistemas de energia solar fotovoltaica residencial, porém, em uma escala bem maior, pois é projetada para a produção e venda de grande volume de energia em alta tensão.


Conforme comenta o CEO da Brasil TecPar, Gustavo Pozzebon Stock, “a escolha do município de São Borja para a usina solar se deve ao fato da excelente posição solar e muita luminosidade, gerando as melhores condições técnicas para o empreendimento. Além disso, está em conformidade com as boas práticas de governança ambiental, social e corporativa (ESG) da companhia”, afirma.


Operação mais sustentável

Agora os mais de 300 mil clientes da Brasil TecPar, através das marcas Amigo Internet e Ávato Tecnologia, receberão serviços e soluções provenientes de energia limpa e renovável. Conforme o CEO, com a intenção de auxiliar o meio ambiente, através do uso de energia sustentável e com menor geração de carbono para o meio ambiente, a Brasil TecPar ingressou nesse empreendimento.


“O negócio prioritário da empresa é a internet, que exige o uso de data centers e torres com alto consumo de energia, além de todas as nossas unidades espalhadas pelo país. Logo, através do uso da energia proveniente da usina solar iremos contribuir com uma redução anual, estimada, de 270 toneladas de gás carbônico. Esse benefício se estende para todos os cantos da nação, não ficando restrito à cidade de São Borja ou ao estado do Rio Grande do Sul. Esse é o nosso jeito de cuidar do mundo”, destaca Stock.